Vania Catani participa de sessão comentada de O FILME DA MINHA VIDA

Produtora montes-clarense está na cidade para sessão especial do seu último trabalho, “O Filme da Minha Vida”, em parceria com o Cinema Comentado

No próximo sábado (19) Montes Claros receberá uma sessão especial do longa-metragem O FILME DA MINHA VIDA, dirigido por Selton Mello. Produzido pela montes-clarense Vania Catani, este é o terceiro trabalho da dupla, que tem recebido boas críticas e consolidado Selton na posição de excelência conquistada após o aclamado “O Palhaço”, de 2011.

Vania está na cidade para apreciar as tradicionais Festas de Agosto, visitar parentes e amigos, e aproveitará, também, para bater um papo com os fãs da sétima arte. O debate será após a exibição do longa.

O FILME DA MINHA VIDA é uma adaptação do livro “Um Pai de Cinema”, escrito pelo chileno Antonio Skármeta. Na trama, que se passa no sul do Brasil, na década de 1960, abandonado pelo pai (VicentCassel), Tony Terranova (Johnny Massaro) se envolve em uma série de conflitos que fazem do seu cotidiano a narrativa melodramática própria do diretor.

O elenco do filme conta com Johnny Massaro, VicentCassel, Bruna Linzmeyer, Bia Arantes, Martha Nowill, Ondina Clais, o próprio Selton Mello e o veterano Rolando Boldrin, longe das telas do cinema desde 1999 com “O Tronco”.

A sessão especial de O FILME DA MINHA VIDA é às 20h, no Ibicinemas, e os ingressos podem ser adquiridos no local.

SOBRE VANIA CATANI

Nascida em Montes Claros, Vania Catani criou, nos anos 2000, a Bananeira Filmes: uma das mais prestigiadas produtoras de cinema no Brasil, e que tem como característica principal o investimento em produções independentes de notória qualidade artística. Somadas, suas produções já foram exibidas em 250 festivais em 40 países e receberam mais de 160 prêmios.

Vania Catani iniciou sua carreira no final da década de 80 com o vídeo independente, ao lado de uma nova geração de realizadores que surgiu em Belo Horizonte. Trabalhou como produtora de TV e com o Forumbhzvideo – Festival de Vídeo e Arte Eletrônica, esteve em contato com o melhor da Vídeo-Arte mundial.

A partir da segunda metade da década de 90, com a chamada Retomada do Cinema Brasileiro, voltou-se para a produção cinematográfica, sempre mantendo um interesse particular pelo mercado independente. Em 1997, produziu a série de TV “Os Nomes do Rosa” e o longa “Outras Estórias”, ambos dirigidos por Pedro Bial.

SOBRE O CINEMA COMENTADO CINECLUBE

Criado em março de 2003, o objetivo do Cinema Comentado Cineclube é criar uma identidade entre o cinema (arte, ritual, meio de comunicação de massa e manifestação cultural) e a sociedade. É o momento de trabalhar o filme junto ao público: além de propiciar o conhecimento técnico dessa produção artística, precisa-se evidenciar a importância de um filme com “bem cultural”. As sessões regulares acontecem na sala de audiovisual do Centro Cultural Hermes de Paula, aos sábados.

 

Article by Vanessa Araújo

Comments: no replies

Join in: leave your comment